23.5 C
Brasília
domingo, 26 junho, 2022
InícioDistrito FederalCidade da Segurança Pública prioriza combate à violência de gênero

Cidade da Segurança Pública prioriza combate à violência de gênero

Região administrativa que está recebendo a sétima edição da Cidade da Segurança Pública, Ceilândia contará com uma programação especial de proteção à mulher e combate à violência de gênero. Equipes do Programa de Prevenção Orientado à Violência Doméstica e Familiar (Provid) e da unidade móvel da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) estarão presentes na estrutura montada na região central da região, ao lado do restaurante comunitário.

Os atendimentos serão oferecidos até sábado (26), das 9h às 14h. No sábado (26), haverá uma reunião com lideranças religiosas da região, por meio da Aliança Distrital de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar.

“Durante a Cidade da Segurança, criamos um canal de interlocução com a população, o que permite criar uma  programação direcionada. Neste caso do enfrentamento da violência de gênero, focamos principalmente na divulgação dos canais de denúncia e na busca ativa de mulheres que precisam de orientação”, ressalta explica o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo.

Equipes do Programa de Prevenção Orientado à Violência Doméstica e Familiar (Provid) e da unidade móvel da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) oferecem atendimentos até sábado (26), das 9h às 14h | Fotos: Divulgação/SSP-DF

“No caso de Ceilândia, em especial, a população conta, ainda, com uma delegacia especializada no atendimento das mulheres, a Deam II. Além do Plano Piloto, a região é a única região a contar com um equipamento como este”, acrescentou, que também mencionou a Casa da Mulher Brasileira na região. “O acesso mais fácil a esses serviços mostra que o combate à violência de gênero é, de fato, prioridade para todo o Governo do DF”, completa Danilo.

Proteção

No sábado (26), será realizada a Oficina de Atenção à Vítima de Violência Intrafamiliar. Serão ministradas palestras, das 9h às 11h, no auditório da Escola Técnica de Ceilândia. Servidores da Subsecretaria de Prevenção à Criminalidade (Suprec), da SSP-DF, irão  conversar com os participantes.

O objetivo é capacitar lideranças, servidores públicos e comunidade para atenção qualificada das vítimas de violência intrafamiliar.

“Será uma oportunidade de compartilhar com o público presente as leis de proteção das mulheres e vulneráveis, da rede de atenção do governo, bem como habilidades básicas de comportamento para auxiliar vítimas na procura de ajuda na rede de segurança pública, saúde e assistência”, detalha o subsecretário de Prevenção à Criminalidade da SSP, Sávio Ferreira.

Deam Móvel 

Os policiais lotados na Deam II farão orientações sobre a Lei Maria da Penha. A ação tem como objetivo conscientizar mulheres vítimas de violência, bem como a população em geral, em relação à importância do registro policial. Também serão distribuídas cartilhas com informações sobre a lei e medidas protetivas.

As mulheres que decidirem registrar ocorrência serão orientadas a buscar a Deam II ou realizar o procedimento de forma virtual pelo site da Polícia Civil do DF (Maria da Penha Online).

Provid

Equipes do Provid farão esclarecimentos sobre as formas de acesso ao programa e irão distribuir panfletos informativos, bem como disponibilizar o telefone direto do Provid (99977-2710), no 8º Batalhão da Polícia Militar (PMDF), responsável pela área. O programa atende, além de mulheres, todas as vítimas de violência doméstica que, independentemente de gênero, aceitam o acompanhamento de forma voluntária.

A unidade móvel da Secretaria da Mulher estará no local. A equipe fará bate-papos sobre o enfrentamento à violência de gênero e apresentará os equipamentos de acolhimento da secretaria. Também serão oferecidas informações sobre os cursos de capacitação gratuitos promovidos pela pasta.

*Com informações da SSP-DF

 

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

Fonte: Agência Brasília

RELATED ARTICLES

Most Popular

Recent Comments